Centro de Ciências Agrárias
  • Eleição de representantes docentes do Centro de Ciências Agrárias (CCA) no Conselho Universitário.

    Publicado em 09/09/2020 às 16:10

    Lançado o Edital para a eleição de representantes docentes Titular e Suplente do Centro de Ciências Agrárias (CCA) no Conselho Universitário.

    As solicitações de registro de candidatura deverão ser efetuadas por e-mail ao endereço cca@contato.ufsc.br, no período de 10 a 30 de setembro de 2020, e serão homologadas pela comissão eleitoral no dia 05 de outubro de 2020.

    A apuração ocorrerá no dia 21 de outubro de 2020 a partir das 17 horas e 30 minutos.
    Confira aqui na íntegra o Edital nº 002/2020/CCA, de 09/09/2020


  • Seleção de Bolsistas para Projeto de Extensão: Projeto Plantio Agroecológico Solidário

    Publicado em 03/09/2020 às 9:08

    Aberto edital para  seleção de 2 bolsas de extensão para atuação no Projeto para a produção de alimentos agroecológicos para famílias em situação de vulnerabilidade social em Florianópolis, SC: segurança alimentar em tempos de pandemia de Covid-19.

    A atividade será realizada na Fazenda da Ressacada.

    Acesso aqui o Edital na íntegra

     


  • Eleição da escolha do Diretor e do Vice-Diretor do CCA – mandato 2021 – 2024

    Publicado em 02/09/2020 às 20:10

    A Comissão Eleitoral anuncia e convoca a comunidade para  eleições on-line, para o dia 23 de outubro de 2020, das 9h às 17h, via Sistema de Votação Digital da UFSC disponível no e-Democracia (https://e-democracia.ufsc.br/), para a escolha do diretor e vice-diretor do Centro de Ciências Agrárias (CCA), para mandato 2021 – 2024.

    Acesse na íntegra o Edital de Convocação e a Resolução –  documentos que regulamentam  sobre o processo de consulta prévia para escolha do Diretor e do Vice-Diretor do Centro de Ciências Agrárias da Universidade .

     


  • UFSC começa a distribuir computadores e paga primeiro lote de auxílio para acesso à internet

    Publicado em 31/08/2020 às 12:36

    A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) e outras pró-reitorias e secretarias da Administração Central, inicia nesta semana o pagamento de auxílios para acesso à internet para mais de 1.300 estudantes que fizeram o seu registro prévio. Os solicitantes receberão auxílio no valor de R$ 100 mensais. Um segundo lote será pago em seguida.

    Além dos pedidos de auxílio para compra de pacotes de internet, as solicitações de computadores também estão sendo processadas. Até 20 de agosto, 1.377 estudantes solicitaram equipamentos. A distribuição começou na última semana para os alunos do Colégio de Aplicação da UFSC e a logística para a distribuição aos demais estudantes está sendo preparada pelos Centros de Ensino.

    Estudantes que ainda não se inscreveram podem enviar sua solicitação por meio do link. Estudantes de graduação, de pós-graduação stricto sensu, e do ensino fundamental e médio do Colégio de Aplicação da UFSC podem participar do Programa.

    Suelen Matos, aluna de pós-graduação em Agroecossistemas da UFSC, também retirou seu computador na manhã desta segunda-feira, no CCA. (Foto: Aline Cardozo/CCA/UFSC)

     

     

     

     

     

     

     

    Empréstimo, compra e aluguel de equipamentos

    A primeira fase de distribuição de equipamentos ocorrerá por meio de empréstimo. A UFSC publicou uma Portaria Normativa que regulamenta a questão. De acordo com a normativa, cabe às unidades acadêmicas e administrativas localizar os equipamentos em condições de uso para as aulas remotas, e agendar sua distribuição com os estudantes solicitantes. A Prae continuará responsável por acompanhar o cadastro de estudantes e informar, semanalmente às unidades, as demandas a serem atendidas. A Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia da Informação e Comunicação (SeTIC) fará o apoio às unidades para garantir o pleno funcionamento dos equipamentos.

    As regras de empréstimo, bem como o Termo de Uso e Responsabilidade a ser assinado pelos estudantes estão disponíveis nesta Portaria conjunta, publicada pela Prae. Podem emprestar equipamentos aos estudantes os departamentos, programas de pós-graduação, coordenadorias de cursos de graduação e supervisão de laboratórios.

    “É o momento de ajudar. Convidamos à parceria, para que os Centros, os departamentos, as coordenações de curso possam atender a seus próprios alunos, e também fazemos esse apelo às unidades administrativas. É um empréstimo temporário de equipamentos ociosos que já foi solicitado desde julho aos setores. É mesmo um grande mutirão, que toda a Universidade deve participar, já que em todos os Centros temos alunos necessitando”, salienta Pedro Manique.

    Força-tarefa

    A Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad), responsável pela Coordenadoria de Inclusão Digital (Coid), é um dos setores administrativos que irá participar da distribuição. Todos os 176 computadores da Coid já foram formatados para serem emprestados. Uma força-tarefa envolvendo a Saad, a Secretaria de Segurança Institucional (SSI), a Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan), o Departamento de Compras (DCOM) da Pró-Reitoria de Administração (Proad) e a Comissão Própria do Vestibular (Coperve) possibilitou a compra e logística com caixas, plástico-bolha e sacos com fecho hermético para embalagem de computadores e cabos.

    “A entrega para o Colégio de Aplicação começou na terça-feira, dia 18, com um cronograma respeitando toda a segurança sanitária necessária, elaborado pelas equipes de saúde, serviço social e direção do Colégio”, explica a secretária da Saad, Francis Tourinho.

    “Estamos tendo um cuidado especial para fazer os equipamentos chegarem também aos estudantes nas comunidades remanescentes de quilombos e terras indígenas. Vamos contar com o apoio das lideranças e estudantes, além do Movimento Negro Unificado, FUNAI, INCRA, SESAI, Secretaria Estadual de Educação e Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Habitação”, enumera a secretária. “Faremos a inclusão digital sem deixar de prover segurança sanitária para esses discentes”, salienta.

    A Saad e a Prae estudam um cronograma adequado para que os computadores cheguem aos alunos em tempo hábil para que a Coid e as equipes do Programa Institucional de Apoio Pedagógico aos Estudantes (Piape) possam oferecer cursos para capacitar os alunos nas atividades pedagógicas não presenciais.

    Demanda
    Confira abaixo a relação dos pedidos separados por Centro de Ensino

    Número total de estudantes inscritos por programa de inclusão digital em 20/08/2020
    Programa de acesso à internet 1344
    Programa de empréstimo de computadores 1377
     
    Inscritos por Unidade de Ensino Número total de estudantes registrados Número de registrados para o programa de acesso à internet Número de registrados para o programa de empréstimo de computadores
    CDS 50 33 34
    CBS (Curitibanos) 64 48 21
    CCB 58 36 32
    CCJ 56 33 38
    BLN (Blumenau) 67 36 40
    CTS (Araranguá) 88 66 34
    CTJ (Joinville) 92 61 43
    CFM 104 66 61
    Colégio de Aplicação 137 59 121
    CCA 133 79 94
    CED 163 105 104
    CCS 215 146 120
    CSE 214 128 148
    CTC 223 148 121
    CFH 237 146 157
    CCE 243 146 162

     

    UFSC na Mídia

    A distribuição dos equipamentos foi noticiada nas emissoras locais de televisão. Confira o vídeo abaixo:

    Bom Dia Santa Catarina NSC TV

     

    Fonte: Site da UFSC

    Publicado em: 24/08/2020 12:55  


  • Pesquisadores estudam óleos funcionais como alternativa a tratamento com antibiótico na produção de frangos

    Publicado em 31/08/2020 às 12:33

    Em uma parceria entre o setor privado, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), um grupo de pesquisadores investigou os efeitos de dois tipos de tratamento para a coccidiose, uma doença que atinge frangos e leva a perdas econômicas de bilhões de dólares na avicultura mundial. Foram comparados os efeitos do antibiótico tradicionalmente usado para a enfermidade (monensina) e da mistura dos óleos funcionais da casca de castanha de caju e de mamona. O estudo indica que os óleos funcionais regulam a microbiota intestinal dos animais e apresentam uma alternativa eficaz de tratamento para a doença, além de evitarem o desenvolvimento de resistência parasitária ao antibiótico. Os resultados foram publicados no início deste mês na revista científica Plos One.

    A coccidiose é causada pelo parasita Eimeria spp. e tem como principal sintoma a diarreia. É uma enfermidade de fácil disseminação, que afeta o consumo de ração e o ganho de peso dos animais. Conforme alerta a professora do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural da UFSC Priscila de Oliveira Moraes, uma das autoras da pesquisa, nem sempre os produtores enxergam os sinais clínicos de infecção. “Embora esse parasita não cause uma grande mortalidade, ele é capaz de causar grandes prejuízos porque durante o seu ciclo ele destrói as vilosidades (as células de absorção de nutrientes do intestino)”, comenta a docente. Isso leva a uma alteração na microbiota – o ecossistema de micro-organismos que vive no trato digestivo dos animais – e ao aumento da população de bactérias patogênicas.

    Os antibióticos da classe dos ionóforos, como a monensina, têm sido utilizados há décadas para controlar a coccidiose. Estudos recentes, contudo, demonstram que há mecanismos de resistência do Eimeria spp. ao medicamento. A combinação de óleos funcionais, por sua vez, é um produto já comercializado que tem demonstrado efeito como modulador da microbiota e do sistema imune. A pesquisa, relata Priscila, “surgiu a partir da observação de campo, com o objetivo de compreender o papel dos óleos funcionais no metabolismo dos animais. Há uma grande importância em estudar substitutos aos antibióticos que são utilizados como promotores de crescimento, isto porque há bactérias que são resistentes aos antibióticos”.

    Os testes incluíram 864 frangos, divididos entre grupos-controle e os que receberam os diferentes tratamentos. Os resultados demonstraram que os animais contaminados tratados com os óleos funcionais tiveram o mesmo desempenho daqueles que receberam monensina. É diferente, entretanto, o mecanismo de ação dos produtos. Enquanto o antibiótico age matando o parasita (o que pode desencadear a resistência), os óleos equilibram a microbiota e o sistema imune, fazendo com que a resposta contra o agente infeccioso seja dada pelo próprio organismo do animal. “Ambos os produtos, agindo de maneira diferente, foram capazes de melhorar o desempenho dos frangos infectados por coccidiose. Eu, como pesquisadora, enxergo que a vantagem de você produzir um frango utilizando os óleos funcionais, e não a monensina, está na redução da resistência do parasita à própria monensina. Além disso, você está trabalhando com um produto que possivelmente seria capaz de modular a microbiota frente a outros desafios. No entanto, ainda são necessário mais estudos para essa afirmação”, explica Priscila.

    A professora reforça a necessidade de ampliar o conhecimento da saúde intestinal para encontrar substitutos eficientes aos antibióticos: “Eu sempre digo aos meus alunos que no futuro vamos formular rações para os animais e tomar decisões com base em biomarcadores moleculares de saúde intestinal, que podem ser a comunidade microbiana, as interleucinas ou biomarcadores ainda não descobertos. Esta é a grande importância em compreender a microbiota intestinal e sua relação com o sistema imune e a dieta”.

     

    Camila Raposo/Jornalista da Agecom/UFSC

     

    Fonte: Site UFSC

    Publicado em 19/08/2020 10:48

    Pesquisadores estudam óleos funcionais como alternativa a tratamento com antibiótico na produção de frangos


  • Defesa Pública de Monografia – Agronomia 2020.1

    Publicado em 31/07/2020 às 10:55

    Hoje, às 14 h ocorrerá a defesa pública de monografia do  formando em Agronomia Leonardo Campos Teatini Clímaco

    Horário:  14h.
    Título: Ensilabilidade do Margaridão (Thitonia diversifolia) com Cana-de-açúcar (Saccharum officinarum)

    A defesa será transmitida pelo canal do youtube do CCA

     

     

     


  • Abertas as inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais

    Publicado em 31/07/2020 às 10:19

    Estarão abertas de 21 de julho a 14 de agosto de 2020, as inscrições para o preenchimento de até 03 vagas para o Mestrado e de até 03 vagas para o Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais, conforme disponibilidade dos orientadores, definida no Anexo 1, para ingresso no segundo semestre de 2020, para a Área de Concentração em Recursos Genéticos Vegetais.

    Para detalhes do edital acesse o link:


  • Seleção simplificada para contrato de prestação de serviço em tecnologia de informação em caráter temporário

    Publicado em 31/07/2020 às 10:02

    O Curso de Especialização em Agroecossistemas, vinculado ao Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Santa Catarina, vem proceder ao recrutamento e seleção de profissionais que prestem o serviço técnico em TI (tecnologia de informação).

    Os candidatos interessados serão submetidos a um processo de seleção simplificada para contrato de prestação de serviço em caráter temporário, sem vínculo empregatício, no âmbito das metas do Projeto do referido Curso.

    O trabalho a ser desenvolvido será com carga horária de 40 horas semanais e a remuneração se dará por RPA (Recibo de Pagamento Autônomo) emitido pela FEPESE (Fundação de Pesquisa e Estudos Socioeconômicos).

    O prazo para a inscrição é até o dia 16/08/2020

    Consulte aqui o regulamento completo


  • CCA lança Conexão livre, espaço de conexão com a comunidade

    Publicado em 28/07/2020 às 12:08

    O Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UFSC lançou mais um espaço de conexão com a comunidade: o espaço Conexão Livre. Integrantes da comunidade do CCA que tenham interesse em realizar lives sobre temas relacionados com a temática das Ciências Agrárias, podem fazer a transmissão pelo canal do YouTube do CCA, às  terças-feiras, das 17 às 18h. 

    Os interessados devem enviar antecipadamente a solicitação do espaço para o e-mail comunicacao.cca@contato.ufsc.br com as informações sobre o evento, como também a arte para a divulgação que deve contar logo do programa.

    A divulgação será feita pelas mídias do CCA e o código de transmissão do stream será enviado para o responsável do evento, que poderá fazer a configuração na plataforma de sua escolha.

    A primeira Live do Espaço Conexão Livre no canal do YouTube do CCA tem o tema “Biotecnologia Vegetal: novos horizontes na conservação e produção sustentável”, com a participação da professora Rosete Pescador e o professor Marcos Stefanon (do CCA) e dos professores Paulo C. Poeta Fermino Júnior e Lírio Luiz Dal Vesco (do Campus Curitibanos).

    Mais informações pelo e-mail comunicacao.cca@contato.ufsc.br

    Fonte:Site UFSC


  • Festa Junina Científica Virtual fala sobre vinho e ensina a fazer quentão

    Publicado em 24/07/2020 às 14:45

    O tema do vídeo da Festa Junina Científica Virtual desta sexta, 24 de julho, é o vinho. Com apresentação de Erico Albuquerque dos Santos, doutorando do  Programa de Pós-graduação em Agroecossistemas da UFSC e integrante do Núcleo de Estudos da Uva e do Vinho (Neuvin), o vídeo aborda os tipos de uvas que são usadas para a fabricação dos vinhos, bem como características e coloração da bebida. Antes, Erico ensina a fazer quentão de vinho, “para esquentar o coração nessa quarentena”.

    Confira o vídeo na íntegra abaixo:

     

    Sobre a Festa Junina Ciência Virtual

    A ação, organizada pelos agentes de comunicação do Centro de Ciências Agrárias (CCA) junto à comunidade do centro, tem o objetivo de aproximar a universidade da sociedade, por meio de vídeos educativos que tenham potencial de atrair o público durante o período da tradicional festa nacional.

    Fonte: Site UFSC