Centro de Ciências Agrárias
  • Professora da UFSC está entre autores com maior número de publicações sobre bem-estar animal no mundo

    Publicado em 03/12/2020 às 10:56

    Uma pesquisa bibliométrica publicada na conceituada revista Animals identificou a professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Maria José Hötzel, pesquisadora nível 1-A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), entre os autores com o maior número de publicações sobre bem-estar animal no mundo. A UFSC também figurou como uma das instituições que mais têm publicado na área, e o CNPq e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) foram destaques no fomento à pesquisa.

    Fruto de uma parceria entre a Universidade de Queensland (Austrália) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), o levantamento teve como autores Clive Phillips e Carla Molento. A pesquisa bibliométrica examinou a produção de publicações sobre bem-estar animal por meio do Web of Science, um dos bancos de dados mais populares do mundo. Foram consideradas publicações ocorridas entre 1990 e maio de 2020 em 22 idiomas.

    “Estudamos a literatura científica sobre bem-estar animal que foi publicada em periódicos, tanto por cientistas em centros de bem-estar animal como por aqueles fora destes centros. Descobrimos que a literatura dos centros têm maior probabilidade de reconhecer o financiamento da indústria, o que parece trazer oportunidades para os respectivos cientistas conduzirem mais pesquisas em seu campo, mas também pode tornar difícil para esses cientistas defenderem melhorias no bem-estar animal se elas entrarem em conflito com os objetivos da indústria”, afirmam os autores no resumo do artigo.

    Os centros de bem-estar animal são considerados grupos de pesquisa e ensino apropriados a instituições como universidades. Acredita-se que a primeira iniciativa nesse sentido tenha sido o Animal Welfare Institute dos Estados Unidos, fundado em 1951. Já o primeiro artigo de um centro universitário de bem-estar animal foi publicado em 1978, segundo os pesquisadores, pela Estação de Bem-Estar Animal da Escola Veterinária da Universidade de Budapeste.

    Resultados da pesquisa

    A pesquisa detectou 4.851 registros que incluíam o termo “bem-estar animal” em seus endereços. Desse total, 4.404 (91%) foi publicado em inglês, 373 em alemão, 46 em polonês, 11 em espanhol, 10 em português, 3 em húngaro, 2 em holandês e 2 em francês. Os principais autores com mais de 100 publicações eram provenientes da Austrália, Canadá e Alemanha.

    A professora Maria José Hötzel aparece no levantamento na 15ª colocação, com 53 registros contabilizados. A docente integra o Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural do Centro de Ciências Agrárias da UFSC desde 2006, no entanto, iniciou como bolsista recém-doutor do CNPq e professora visitante ainda em 1997. Ela explica que o interesse pelo estudo do bem-estar animal surgiu após o doutorado, quando conheceu o professor Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho – hoje seu colega no Laboratório de Etologia Aplicada e Bem-Estar Animal, o LETA.

    “Bem-estar animal é um conceito de natureza ética e está ancorado no reconhecimento de que os animais têm sentimentos, ou seja, são seres sencientes. (…) O comportamento animal é um tema fascinante; é um grande desafio desenhar e desenvolver estudos para entender como e por que ocorrem os comportamentos nas diferentes espécies animais. Estudar e discutir o aspecto ético do bem-estar animal me interessa muito, e é um tema excelente para desenvolver pensamento crítico nos estudantes”, ressaltou a professora.

    Maria José destaca ainda que o assunto está em crescente discussão, tanto pelo público em geral quanto por associações e fóruns das profissões agrárias e biológicas, além do setor produtivo. “O tema vem ganhando destaque e passou a ser mais discutido em função da pandemia, que evidenciou o problema das zoonoses [doenças infecciosas que se transmitem entre animais e humanos]. Em diferentes medidas, todos esses atores sociais estão se conscientizando da enorme relevância de criar relações adequadas com os animais para evitar e controlar zoonoses”, afirmou. De acordo com a professora, para se avançar realisticamente no sentido de evitar ou minimizar problemas como zoonoses e resistência bacteriana aos antibióticos, bem como produzir alimentos para a crescente população humana, é necessário repensar os sistemas de criação dos animais.

    Destaque para UFSC, CNPq e Capes

    Outro ponto de destaque na pesquisa veiculada na revista Animals foi a posição da Universidade Federal de Santa Catarina entre as principais instituições com publicações na área. A UFSC figura na lista no 22º lugar, com 69 registros. Nas três primeiras colocações do ranking aparecem: University of British Columbia, do Canadá, com 524 publicações; University of Queensland, na Austrália, com 253; e University of Melbourne, na Austrália, com 250.

    Para a professora Maria José Hötzel, este reconhecimento deve servir a todos como estímulo e valorização do esforço pessoal e do grupo. “No contexto da internacionalização da ciência e dos esforços da UFSC, esse reconhecimento é muito importante, pois valoriza as colaborações atuais e abre um potencial para novas parcerias”. Ela explica que sua pesquisa na área de etologia e bem-estar animal é toda desenvolvida em colaboração com os professores Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho e Denise Pereira Leme e estudantes de graduação e pós-graduação, além de alguns colaboradores internacionais. “Ou seja, esse reconhecimento é do LETA, que é o laboratório mais antigo no Brasil na área de Etologia Aplicada, e do Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, que este ano fez 25 anos”, reforça.

    Além dos autores e das instituições, a pesquisa apontou ainda as principais fontes de financiamento para a realização das pesquisas. Nesta categoria, o Brasil teve dois destaques entre as quatro primeiras colocações: o CNPq em segundo lugar, com 100 publicações; e a Capes, em quarto, com 66 publicações.

    A docente da UFSC classifica o papel destas instituições de fomento como “fundamental”. “Hoje praticamente todo o nosso trabalho é apoiado pelo CNPq, Capes e também pela Fapesc [Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina], através de bolsas de estudantes e dos professores, financiamento à pesquisa e apoios a intercâmbios internacionais. Em todas as nossas publicações aparece esse reconhecimento pelo financiamento das bolsas e da pesquisa, o que é também importante para a projeção internacional da pesquisa feita no Brasil”, finalizou.

    Maykon Oliveira/Jornalista da Agecom/UFSC

     

    Fonte: Agecom

    Professora da UFSC está entre autores com maior número de publicações sobre bem-estar animal no mundo


  • Aberta Inscrições para processo seletivo de Trainee BRF

    Publicado em 25/11/2020 às 17:07

    A BRF, uma das maiores empresas de alimentos do Mundo, está com inscrições abertas para seu processo seletivo de Trainee que busca por estudantes egressos de Agronomia e Zootecnia  com formação entre Julho de 2018 e Julho de 2020.

    Acesse na íntegra a divulgação do Processo Seletivo.

     


  • Comissão Eleitoral anuncia o resultado da votação para Direção CCA

    Publicado em 09/11/2020 às 20:24

    A Comissão eleitoral anuncia resultado  da apuração da consulta para Direção do CCA divulgado pelo E-democracia.

    A chapa  Rosete Pescador e Marlene Grade  obteve a seguinte votação, conforme as três categorias votantes:

    Docentes:

    69 Sim + 12 Brancos = 81

    Discentes:

    294 Sim + 31 Brancos = 325;

    TAEs:

    55 Sim + 7 Brancos = 62

    Resultado Final: 88,12% SIM e 11,88 BRANCOS


  • Resultado Promoção à Classe E -Professor Titular de Carreira do Magistério Superior

    Publicado em 09/11/2020 às 13:50

    No dia 05/11 foi realizada a avaliação do Professor Claudio Manoel Rodrigues de Melo, do Departamento de Aquicultura  para Promoção à Classe E – Professor Titular de Carreira no Magistério Superior do 2º semestre de 2020, através de forma remota com transmissão ao vivo pelo canal do Youtube do CCA.

    O professor Cláudio Melo foi avaliado por meio de  Memorial de Atividades Acadêmicas , relatando a sua trajetória profissional à banca, que de forma unânime o aprovou  à promoção á classe E.

    O CCA parabeniza o professor Cláudio Melo pela sua trajetória e pela a sua grande contribuição em sua área de atuação.

     


  • Eleições para Direção do CCA mandato 2021 a 2024

    Publicado em 02/11/2020 às 11:01

    No dia 9 de novembro de 2020, acontecerá as eleições para a Direção do Centro de Ciências Agrárias para o mandato 2021-2024.

    Uma ampla discussão realizada pela comunidade do CCA levou a formação de uma única chapa formada pelas candidatas Rosete Pescador (Siape 1789149) e Marlene Grade (Siape 2329993).
    Convidamos a todos para que na próxima segunda-feira, dia 09/11  para a votação que estará aberta das 9h00 às 17h00 no site https://e-democracia.ufsc.br/


  • Cronograma das Avaliações para Promoção à Classe E

    Publicado em 14/10/2020 às 9:59

    Cronograma das Avaliações para Promoção à Classe E – Professor Titular de Carreira no Magistério Superior – 2º semestre

     

    Candidato

    Departamento

    Data e Horário da Defesa

    Claudio Manoel Rodrigues de Melo – MAA

    AQI

    05/11/2020, às 9h00min

     

    As defesas vão ocorrer por videoconferência e serão transmitidas pelo canal do CCA no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCwXC3XBf0xjVgdy8avMSuUA

     


  • Alteração da Data de Eleições para Direção do CCA

    Publicado em 06/10/2020 às 19:35

    A Comissão Eleitoral divulga a alteração da data da eleição para o dia 09/11/2020, tendo em vista que data a prevista anteriormente encontra-se reservada para outro Centro junto ao site da e-Democracia.

    Portanto, onde se lê “23 de outubro de 2020” nos artigos 1o, 9o, 10 e 42 da RESOLUÇÃO 01/CE/2020 e, também, no Edital de Retificação no02/2020/CE, passa a valer como sendo “09 de novembro de 2020”.

    Confira o Edital de Retificação na Íntegra


  • Homologação de chapa para Representantes Docentes no Conselho Universitário

    Publicado em 06/10/2020 às 9:37

    A  Comissão Eleitoral  i nforma a homologação da  por esta Comissão da chapa única  inscrita para  Representantes Docentes no Conselho Universitário formada pela candidata DE Carmen Maria Olivera Müller (SIAPE nº 2047824), como membro TITULAR, e pelo candidato Tiago Montagna (SIAPE nº 3091229), como membro SUPLENTE.

    Acesse aqui o documento na íntegra


  • Alteração da data de eleição para a Direção do Centro

    Publicado em 29/09/2020 às 18:30

    A Comissão Eleitoral, no uso das atribuições que lhe confere a PORTARIA N.º 035/2020/CCA, DE 21 DE AGOSTO DE 2020, resolve: alterar a data da eleição para o dia 26/10/2020, tendo em vista que a data prevista (dia 23), encontra-se reservada para outro Centro junto ao site da e-Democracia.

    Portanto, onde se lê “23 de outubro de 2020” nos artigos 1o, 9o, 10 e 42 da RESOLUÇÃO 01/CE/2020 passa a valer como sendo “26 de outubro de 2020”.

    Acesse aqui o Edital de Retificação na Íntegra


  • Homologação de chapa – candidatura Direção 2021 a 2024

    Publicado em 28/09/2020 às 21:43

    A Comissão Eleitoral, no uso das atribuições que lhe confere a PORTARIA N.º 035/2020/CCA,
    de  21 de agosto  2020, resolve:
    Tendo em vista a observância às normas publicadas em chamada pública, amplamente divulgada, assim como o cumprimento das normas estabelecidas na RESOLUÇÃO 01/CE/2020, e nada sendo verificado que pudesse obstar o registro da única chapa inscrita, informamos que ela foi devidamente homologada por esta Comissão.
    Lembrando que a única chapa inscrita, e homologada, é formada pelas candidatas Rosete Pescador (Siape 1789149) e Marlene Grade (Siape 2329993)

    Acesse aqui o documento na íntegra